A valiosa e necessária empatia: se colocando no lugar do outro.

__________Muito tempo atrás postei este vídeo para meus alunos de medicina no Facebook, mas como a empresa do Zuckemberg tem o péssimo hábito de sumir com nossas postagens sem nos consultar, resolvi publicar no meu blog.

peixiculo

__________O vídeo trata da necessidade de se humanizar o tratamento médico de uma maneira muito poética e comovente. Pude sentir a importância disso quando vivenciei o Rondon com os alunos de Jundiaí. A coisa mais preciosa não foram as ações boas que levamos para lá, que são sementes difíceis de acompanhar e mensurar, mas o efeito nos alunos. Acho que voltaram pessoas melhores e mais sensíveis para viver a empatia com os outros, especialmente com seus futuros pacientes. Nesse ponto, o Rondon do século XXI foi muito sábio em colocar que o foco do programa não são as populações atendidas, mas os alunos que participam do projeto. O que eu havia estranhado um pouco no início ficou claro para mim no final da viagem.

__________Segue o vídeo, que sempre me comove quando eu assisto.

2 Comments

  1. asem palavras, Ale…

  2. Muito bom para reflexão! Vejo profissionais e estudantes, principalmente, da área da saúde sempre circundados por conhecimentos técnicos e teorias das mais variadas matérias médicas, mas dificilmente se interessando pela humanização e comunicação em saúde, por exemplo, temas tão complexos e fundamentais na relação com o paciente.

Comments are closed.